Archives maio 2016

 

Após a atualização do Pro Tools para novas plataformas de 64 Bits, a partir do Pro Tools 11, muitos usuários de Kontakt não conseguiram mais abrir o sampler player mais popular do mundo.

A resposta para isso é simples, a Native Instrumentos que desenvolve o Kontakt não mais oferece suporte para Pro Tools em 32 bits, os seus famosos RTAS não mais funcionam em novas versões do Pro Tools. É necessário você atualizar o seu Kontakt para AAX x64 ou usar algum adapter.

O vídeo abaixo faz parte do nosso curso de Pro Tools, vou deixar esse tutorial para ajudar quem ainda não tem acesso aos vídeos internos do SomBinario.

As Bateria dos anos 80 Estão de Volta

Algumas dicas que podem ajuda-lo e chegar mais próximo de timbres clássicos.

Mixagem de Bateria dos Anos 80 NA PRÁTICA

Alguns artistas e bandas atuais para você ter como referência para sua próxima mixagem desse estilo:

DOWNLOADs:

Durante quase 20 anos a Empirical Labs foi bombardeada com pedidos para desenvolverem um plug-in para aqueles que trabalham “in the box” (No computador), e tinha que ser um com o som “cremoso” e facilidade de utilização como os premiados compressores de hardware da empresa. Com certeza você vai encontrar o que se espera de 20 anos dessa espera, valeu a pena! Por muitos anos, a velocidade do processamento, taxas de amostragem e de proteção de cópia foram limitantes para que eles investissem em algo assim. As coisas mudaram, a tecnologia digital pode agora chegar muito perto de ter todas as maravilhas de um dos melhores equipamentos analógicos da indústria agora em formato VST, VST3, AAX e AU para MAC e Windows.

Empirical Labs Arousor [Distressor Plugin] PT-BR

Para quem não conhece o Distressor, é uma unidade de compressão e simulação de fita, isso mesmo, o Distressor além de ser um excelente compressor ainda adiciona coloração e texturas das antigas fitas, o que faz desse equipamento algo único.

Mas ao contrário do que a maioria das pessoas estavam pensando não se trata de uma simulação fiel do Distressor, é algo completamente novo, segundo a própria Empirical Labs, esse é o Arousor!
Mas o DNA é do clássico Distressor, existem algumas características bastante únicas para o Arousor que agora podemos ver a partir de sua interface gráfica totalmente revelada no vídeo abaixo:

Mais informações: http://www.empiricallabs.com/arousor.html

Música usada no vídeo:

Agora você vai aprender definitivamente como criar o famoso efeito de Tape Stop!

Respondendo a dúvida de um dos nossos alunos do curso de Studio One Professional, de como criar um efeito de fita parando, similar ao Vari-Fi do Pro Tools.
Existem varias formas de criar um efeito similar, aqui no blog já falei sobre como fazer usando o Waves Vinyl e o Softube Tape.

É um efeito simples, porém pode enriquecer muito os seus arranjos e dar a possibilidade de criar efeitos exclusivos e muito mais poderoso do que o Vari-Fi.

Nesse vídeo vou mostrar uma forma bem simples e poderosa de criar o famoso efeito de tape stop, usando o Sampler One (sampler player de fábrica do Studio One), para fazer essa tarefa. Você vai ver que é bem fácil.

Studio One: Efeito de Fita Parando

Dicas Extras:

Arraste o seu evento MIDI já com o efeito acontecendo para uma trilha de áudio, ou até mesmo a mesma pista de audio original onde você extraiu o sampler. O Studio One vai converter automaticamente o MIDI em áudio, e você não perde a mixagem caso tenha algum insert na sua trilha.

 

 

 

 

 

Não esqueça que para funcionar o pitch no sampler one, assim como qualquer outro sampler player ou synth, você precisa configurar o BP range a partir de 12, para ter um efeito de stop fx mais detalhado, recomendo deixar em 24. ISSO FOI EXPLICADO NO VIDEO.

As dicas abaixo vão ajuda-lo a ter um rendimento muito melhor em todos os processo da produção

Estamos aqui o tempo todo ensinando técnicas para melhorar o som, deixar a música melhor, o que por outro lado pode nos deixar preguiçosos e viciados em algumas ferramentas e deixar de lado coisas que são extremamente importantes.

É muito normal abrirmos aquela gravação recém feita e levantar os faders, abrir plugins e fazer toda aquela rotina de mixagem, mas até que ponto você está fazendo isso certo? Será que não está repetindo padrões e transformando o seu trabalho em uma verdadeira “pastelaria”, onde todas as músicas que passam por você são tratadas da mesma forma?

Se um dia você chegar nesse ponto é porque isso perdeu totalmente a graça, e com certeza os seus resultados serão tão medíocres quanto a sua metodologia de trabalho, e isso é mais normal do que imaginamos, principalmente quando se trabalha com uma alta demanda.

Muitas vezes em uma única semana eu trabalho até com 3 estilos musicais totalmente diferentes, e já teve tempo que me peguei trabalhando de forma automática e se você não se ligar vai acabar levando um puxão de orelha dos seus clientes e consequentemente perdendo um bom trabalho.

Em algum ponto do caminho será fácil se perder dos objetivos que nos levaram até aqui, ao perder a conexão com a música você está simplesmente assinando seu atestado de incompetência, por tanto muita atenção, é necessário está sempre vigilante.

Para que sua mixagem seja bem vista você tem apenas 7 segundos ou menos para capturar a atenção do ouvinte, e isso será definitivo, não terá volta se tiver algo ruim, e você sabe que poderia ter deixado esse som melhor.

Abaixo vou deixar algumas dicas que deram certo pra mim e com certeza vão fazer diferença para você também:

dormir

Durma Bem:

A maior parte dos problemas em uma produção é a falta de concentração, e isso está estritamente ligado a qualidade do seu sono. Você terá fadiga auditiva muito mais rápido e sua energia vai acabar antes de concluir o seu trabalho, o que vai leva-lo automaticamente a fazer sua mixagem de qualquer jeito, de forma automática, como disse no começo desse artigo. E acredite, se entupir de café só vai aumentar suas chances de adquirir uma gastrite ou até mesmo uma ulcera.

biohacking

Hackeando o seu Corpo:

Isso mesmo, somos um sistema e podemos modifica-lo para alcançar melhor nossos objetivos. Experimente colocar alguma planta do lado da sua cama e anote os resultados, teste plantas diferentes. Teste alimentos saudáveis, vitaminas e não coma porcaria. Faça exercícios físicos que você não tenha costume antes de começar suas sessões de mixagem, não acorde e vá direto para sua DAW, jamais faça isso, sinta o mundo a sua volta antes. Muito dos seus resultados estão ligados diretamente a forma de como você vive, se você come e dorme mal isso vai se refletir no seu trabalho com áudio.

med

Meditação:

Praticar meditação vai aumentar muito o seu nível de energia, o que vai beneficiar muito o seu trabalho com som. Ao meditar todo o seu corpo entrará em um estado de relaxamento profundo similar ou superior ao do sono. Com apenas alguns minutos de meditação diárias vão fazer você ficar até 3x mais produtivo. E o melhor, os seus ouvidos vão ficar novos em folha. Você vai notar nitidamente que estará ouvindo e identificando melhor as frequências.

ouvir

Ouça muita música:

Parece óbvio, mas eu conheço muita gente que não tem o hábito de ouvir música. As pessoas mais bem sucedidas nessa área ouvem muita música nas horas vagas, vão a shows e tem uma ligação muito forte com isso. Não se limite a poucos estilos, seja eclético, quanto mais você tiver a mente aberta e receptivo a música, independente do estilo, você terá mais chances de sucesso no seu trabalho, sem dúvidas.

Intervalos:

Dê uma pausa em intervalos durante suas sessões, estipule você mesmo um tempo de acordo com a sua realidade.

No-Social-Media

Desligue as distrações:

Um dos maiores vilões e ladrões de energia durante o trabalho é sem dúvidas as redes sociais, grande parte dos meus colegas trabalham com o navegador ligado e recebendo notificações de Whatzapp e Facebook no meio da mixagem. Isso é no mínimo bizarro, apesar de ser muito comum. Desligue todas essas distrações, muito dos problemas que você enfrenta durante a mixagem poderiam ser resolvidos rapidamente se não estivesse focado nos vídeos de cachorrinhos ou aquela discussão política no facebook, nessa altura você já perdeu totalmente a conexão com a sua arte.

Espero que essas dicas ajudem a melhorar mais um pouco os seus dias de trabalho na produção da música!

Na primeira parte desse artigo falei da importância de você ter um site com domínio próprio e um serviço de entrega de emails.

Com isso em mãos agora é começar a trabalhar. É muito importante entender o seu público, saber o que ele procura. Se você for um produtor musical, e pretende vender os seus serviços, você pode publicar posts em seu blog sobre arranjos musicais, sobre como melhorar os aspectos musicais, distribuição, e tudo o que tiver a ver com isso. Você também pode deixar uma sessão no seu site com trabalhos já realizados.

Até ai tudo bem, é bem óbvio, a dica que vou deixar com relação a isso é que você simplifique tudo, nada de www.seusite.com/oi/producao/portifolio/meustrablhos/conteudo

Entendeu o problema? No exemplo do link acima o usuário vai dar vários cliques para chegar no seu conteúdo, isso é muito ruim, na metade do caminho as maioria das pessoas já desistiram de ver o seu portfolio, você precisa ser antes de tudo DIRETO AO PONTO.

Com tudo em mãos e funcionando, agora você precisa imprimir sua identidade, a forma de como as pessoas vão ver você do outro lado.

Algumas dicas para capturar a atenção do seu público alvo e assim deixa-los seguros para deixarem o email com você.

  • Ofereça serviços gratuitos, não tenha medo de colocar conteúdo de extremo valor de graça
  • Não envie Spam, isso vai acabar com a sua reputação. Envie pelo menos 1 vez por semana.
  • Interaja, responda os emails, seja legal
  • Tenha um Blog no seu site. Não subestime o poder do blog.

Agora que você tem as ferramentas em mãos você precisa de estratégias, não é só deixar o campo de email no seu site e esperar que as pessoas se cadastrem, isso não vai acontecer se você não tiver uma estratégia pronta em mente.

Montar-Estratégia

Estratégia!

No mercado brasileiro de internet temos grandes gurus do Marketing Digital que vão simplesmente abrir um novo mundo em sua mente.

Vou deixar alguns links abaixo para você explorar o conteúdo dessas pessoas:

  1. Viver de Blog
  2. Erico Rocha
  3. Camila Porto
  4. Marketing de Conteúdo
  5. Conrado Adolpho

Existem vários, mas vou deixar os que acompanho mais e tenho resultados certeiros.

Tem também O Palco Digital que é direcionado exclusivamente para músicos: http://www.opalcodigital.com.br/site/

 

Olá queridos visitantes! Ontem publiquei em minha conta do facebook a importância de estudar as ferramentas da web 2.0 para poder alcançar o seu público e ter um retorno 10x maior do que o convencional. Essa é a primeira parte de dois artigos.

É um assunto que não pretendo explorar muito, mas muitos amigos estão me perguntando muito interessados no assunto e resolvi fazer uma série de posts compartilhando o que aprendi nessa área.

Hoje em dia se você notar estamos sendo bombardeados por super promoções, e vários sites prometendo mundos e fundos, que farão você mudar praticamente a sua vida. E realmente isso funciona, e é muito fácil, é tão fácil que hoje na internet brasileira temos praticamente um mercado saturado de porcarias, isso mesmo, infelizmente nada é perfeito.

Com a extrema facilidade e ferramentas gratuitas para ter um sistema de marketing digital disponíveis a qualquer um, temos a disposição muitos serviços duvidosos.

O porque disso é simples. Na internet ao contrário do áudio, da produção musical, as ferramentas são mais importantes do que o seu conteúdo. Acredito que você já tenha adquirido algum produto ou pelo menos ficou tentado em comprar de alguém que usa muito bem essas ferramentas, mas o conteúdo dessas pessoas não é la essas coisas. Isso está acontecendo muito. Então o primeiro conselho que vou deixar é: Capriche no seu conteúdo, faça diferente, seja criativo, ou em pouco tempo você terá o seu filme queimado para nunca mais aparecer na cena novamente. Essa é uma das características da internet, você não pode errar, não deixe o desespero e a ansiedade guiar sua mente nessa hora.

Um dos primeiros erros das pessoas é depender 100% das redes sociais, esse é um erro grande que pode acabar com você. Um exemplo que quebrou as pernas de muita gente foi quando o Facebook limitou a quantidade de visualizações dos posts em suas Fan pages. Quem não tinha outro esquema de divulgação praticamente perdeu público e consequentemente perdeu muita grana. Conheço artistas que simplesmente desistiram. Isso vale também para Youtube e outras redes.

Você deve usa-las, explorar ao máximo os recursos dessas rede sociais, o que você não pode é apostar todas as suas fichas nisso, você precisa buscar antes de tudo sua independência. Ter controle do seu público.

O seu próprio espaço!

É impressionante como a grande maioria dos músicos e produtores não tem um site, ficam dependendo de espaços de terceiros a vida toda. Isso vale também para quem abre sites em serviços gratuitos, isso tudo deixa você dependente das oscilações dessas empresas e não oferecem nenhuma garantia para você, afinal de contas você não está pagando nada, eles não tem obrigação de manter esse serviço para você, e do dia para noite o seu sonho pode ser pulverizado sem aviso prévio.

Não importa o quanto você é bom no que faz, sempre vai ter alguém que não conhece o seu trabalho e vai julga-lo pela primeira aparência, e essa impressão é capturada em poucos segundos, e não tem volta.

Conheço vários produtores bons, excelentes e até com um bom publico, mas erram feio em ficar só em grupos de facebook, o cara que ta chegando hoje não vai leva-lo tão a sério como se encontrasse ele em um site bem estruturado. Você vai ser visto por essa pessoa sempre como amador, por mais profissional que você seja.

Outro problema de músicos e produtores é o orgulho exacerbado, muitos pensam que estão fazendo algo certo e detonando, quando na verdade estão apenas sendo guiados por likes vazios, não tem retorno algum da audiência que alcançam em seus grupos de facebook, é muito triste ver essas pessoas negligenciando todo o poder que a internet oferece. Na verdade esse orgulho vem acompanhada de uma zona de conforto absurda.

É comum ver essas pessoas reclamando de outras pessoas que estão usando bem o Marketing Digital, já vi produtores populares falando mal disso sem ao menos tentar algo parecido, o que soa como inveja. Cuidado para não fazer como essas pessoas, eles estão se dando mal, por isso precisam criticar aquele cara que começou ontem e está com um publico muito maior do que o dele, e sempre crescendo 🙂

Hoje em dia abrir um site é muito fácil, basta você registrar um domínio (Ex: www.sombinario.com.br) , pode ser .com, .com.br, ou até .music, .band, hoje em dia temos uma vasta lista de opções para o seu domínio.

Ter um domínio próprio na internet vai deixar sua marca mais profissional, as pessoas vão passar a ver você de uma outra perspectiva.

Dicas:

  • Escolha uma boa empresa de hospedagem com know how no mercado, recomendo a Hostgator.
  • Monte o seu site com o WordPress, é fácil e até uma criança consegue administrar.
  • Invista em um theme (visual) atraente.

Email Marketing

Email_Marketing

A grande maioria das pessoas na internet checam os seus emails pelo menos uma vez por dia, a maioria faz isso várias vezes ao dia.

É primordial que você tenha configurado no seu site um serviço de email marketing para poder se relacionar com o seu público. Aqui você já deu um grande passo rumo a sua independência.

Existem vários serviços de Email Marketing disponíveis, muito deles gratuitos até uma certa quantidade de emails, segue abaixo alguns serviços ótimos:

  • www.mailchimp.com
  • www.getresponse.com
  • www.e-goi.com.br
  • www.mailrelay.com/pt/

Você encontra uma infinidade de serviços pesquisando Email Marketing no Google, explore e escolha a melhor opção para você.

Então vou ficando por aqui, essa semana ainda volto com a continuação dessas dicas super importantes que vão mudar praticamente a forma de como você interage com a sua audiência.

PARTE 2